Pesquisar neste blogue

A carregar...

08/02/11

Os Romanos na Península Ibérica

A RESISTÊNCIA LUSITANA

  
           A península Ibérica era rica em metais e por isso visitada por povos de comerciantes vindos do mar Mediterrâneo, tais como: fenícios, gregos e cartagineses.
         Em guerra com os cartagineses pelo domínio do mar Mediterrâneo, os romanos conquistaram facilmente o sudeste da P. Ibérica, no século II a C. depois encontraram uma enorme resistência por parte dos lusitanos, comandados por Viriato.


Estátua de Viriato, Viseu


Vamos ver as táticas e as armas dos guerreiros lusitanos
 


   Não conseguindo vencer Viriato no campo de batalha, os romanos planearam o seu assassinato. Vai até às “Histórias da História” e vê como tudo aconteceu.




   A resistência lusitana continuou e fez com que o poderoso exército romano levasse quase duzentos anos para conquistar a península Ibérica, quase tantos como levaram a conquistar todas as terras à volta do mar Mediterrâneo.


Soldados romanos



Exército romano




Ataque romano


O império romano.
Tendo conquistado todas as terras à volta do Mediterrâneo,
os romanos chamavam-lhe "mare nostrum", o nosso mar.


A Gália, atual França, foi outros dos territórios conquistados pelos romanos.




 
A ROMANIZAÇÃO

 
   A ocupação romana trouxe um enorme desenvolvimento e progresso à península Ibérica.No plano das vias de comunicação, os romanos vão construir as primeiras estradas (milhares de quilómetros) e pontes da Península.


Construção de estrada



Calçada do Guardão, Viseu.
Foto: Vias romanas de Portugal 


Calçada do Caramulinho, Viseu.
Além das vias principais, os romanos construiram
também uma vasta rede de ligações rurais.
Foto: Vias romanas de Portugal



Marco miliário da Via que ligava Braga a Astorga, Campo do Gerês, Portugal. Os miliários (do latim:miliarium, a partir de milia passuum, " mil passos") eram os marcos colocados ao longo das estrada do Império Romano, em intervalos de cerca de 1480 metros. Na base estava inscrito o numero da milha relativo à estrada em questão. Ao nível do olhar constava a distância até ao Fórum Romano, bem como outras informações, como os responsáveis pela construção e manutenção da estrada.
Fonte: Wikipédia


Principais estradas romanas na península Ibérica
Fonte Wikipédia



Ponte romana de Alcântra - Espanha


  Ponte romana de Chaves - Portugal


Foram os romanos que aqui construíram as primeiras casas utilizando o tijolo e a telha. As habitações mais ricas tinham água canalizada e o chão coberto com pequeninos mosaicos, formando bonitos desenhos.


Telhas romanas



Mosaico romano. Conímbriga, Portugal

                      Vamos visitar a casa dos Repuxos, a mais famosa de Conímbriga.               




As primeiras cidades da península Ibérica surgem durante o período romano. Foram eles os primeiros a abastecer de água as povoações mais importantes, trazida desde a nascente, por vezes a quilómetros de distância, através de aquedutos.



Aqueduto de Segóvia, Espanha


      Vamos viajar no tempo e descobrir a cidade romana de Conímbriga.          
 


Na agricultura trouxeram novas culturas, como a vinha, a oliveira e o trigo, produtos que se tornaram a base da alimentação dos povos à volta do mar Mediterrâneo.
Graças aos romanos, os povos da península Ibérica começaram a relacionar-se e entender-se melhor, já que passaram a falar todos a mesma língua, o latim, e a praticar a mesma religião, o cristianismo.



Línguas faladas na península Ibérica antes da chegada dos romanos


   A todas as transformações e progressos, ou seja, à nova maneira de viver que os Romanos trouxeram aos povos da P. Ibérica, damos o nome de Romanização.


Vamos rever e aumentar os nossos conhecimentos.



O sistema de numeração que os romanos trouxeram 
para a P. Ibérica,foi substituido pela numeração árabe.



Clica e joga aqui.



3 comentários:

  1. Muito bem acho que devemos continuar assim eu estou a gostar muito disso é uma forma de revermos a matéria e estudarmos melhor (: (: (: (: (: (: (: (:
    (: (:

    ResponderEliminar
  2. Os meus pais adoram o blogue.Continua assim professor Eduardo Correia Mendes.

    ResponderEliminar
  3. Eu sou fascinado pelos romanos, principalmente por seus feitos, poderio, estratégias e táticas militares, arquitetura, além, é claro, de sua inteligência na construção de edificações e sua capacidade de absorver a cultura e o conhecimento dos povos dominados, tornando-se mais forte a cada vitória.Parabéns, ajudou muito me informando sobre o formato de construção de casas e a arquitetura em geral, se você tem um bom conhecimento do latim, lhe aconselho a ler "De Architectura", livro de Uitruuius sobre o modelo de edificação romana da época.CONTINUE ASSIM.

    ResponderEliminar